Seja abençoado ao navegar neste Blog!

Trecho do Livro:
"Impeça a fertilização do pecado quando ainda estiver na porta da sua mente, porque após a fecundação, suas conseqüências irão abolir a imagem de Deus na sua vida".

julho 13, 2012

Insatisfação - Uma Enfermidade dos Nossos Dias


Grande parte das pessoas no Ocidente teria motivos mais que suficientes para estar satisfeita. Mas, muitos não estão. Eles vivem descontentes e por isso muitas vezes estão mal-humorados, carrancudos ou sofrem do estômago. Eles vivem em paz, em liberdade e gozam do bem-estar, mas acham que tudo poderia ser ainda melhor. (P.D. 25/98)

Foi a insatisfação que sempre fez com que os israelitas se revoltassem contra Moisés, Arão e contra o próprio Deus. Foi a insatisfação que lhes impediu a entrada na Terra Prometida e os fez andar errantes durante 40 anos pelo deserto, longe de uma terra que manava leite e mel. É a insatisfação que destrói casamentos e famílias, são cônjuges resmungões que dificultam a vida do companheiro. A insatisfação não só deforma o rosto, mas também estraga o ambiente no trabalho, na vizinhança ou na comunidade. A insatisfação faz uma sociedade ficar exaurida e um povo tornar-se corrompido. A insatisfação leva às manifestações violentas e produz greves, e tudo isso custa milhões. O fruto da insatisfação é a discórdia, e a insatisfação surge quando o homem não tem paz. Assim ele se encontra constantemente no círculo vicioso dos seus sentimentos negativos. A Bíblia fala disso em Lamentações 3.39: "Por que, pois, se queixa o homem vivente? Queixe-se cada um dos seus próprios pecados." Em Judas 16 está escrito acerca dos insatisfeitos: "Os tais são murmuradores, são descontentes, andando segundo as suas paixões." A Bíblia Viva diz:"Esses homens são exploradores constantes, eternos insatisfeitos, fazendo todo o mal que lhes dá vontade..."

A insatisfação tem sua raiz no fato de não se ter paz com Deus, e quanto mais um povo se afasta de Deus, mais insatisfeito fica. Paulo, que havia entregue sua vida de modo incondicional ao Senhor Jesus, podia dizer: "entristecidos, mas sempre alegres; pobres, mas enriquecendo a muitos; nada tendo, mas possuindo tudo" (2 Co 6.10). Portanto, aquele que entregou sua vida ao Senhor Jesus e se arrependeu da sua insatisfação experimentará a verdade de Filipenses 4.7: "E a paz de Deus, que excede a todo o entendimento, guardará o vosso coração e a vossa mente em Cristo Jesus." 
(Norbert Lieth - http://www.apaz.com.br)

6 comentários:

  1. Respostas
    1. Obrigada pelo recadinho pedro Lucas. Visite-me sempre que puder. Fique com Deus.

      Excluir
  2. Toda a insatisfação tem o seu início em alguma fase do passado. Não é algo que surge inesperadamente, vai evoluindo.
    Cabe a cada um resolver esses dilemas mudando o comportamento.
    Nem sempre o diabo é o culpado. Deus não pode resolver algo que cabe a nós.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelo comentário Erlon. Com certeza, precisamos tomar posição em nossa vida e decidir encontrar satisfação em Deus. Temos muitos motivos para isso. Deus lhe abençoe.

      Excluir
  3. Olá amiga boa postagem ,nos dias de hoje é difícil encontrar alguém que não murmure por estarem insatisfeitas com alguma coisa ,quando nos refugiamos no amor do Senhor passamos a viver de acordo com sua graça que é derramada em nossos corações e assim enxergamos com a visão certa e não distorcida..bjs..Na paz de Jesus..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pela visita em meu blog Regina. Visite sempre que puder. Abraços.

      Excluir